Vendas a retalho crescem em Portugal

12 Dezembro 2016

Portugal registou a oitava maior subida da União Europeia, em termos homólogos, e a sexta em termos mensais, nas vendas a retalho. 

O volume das vendas a retalho em Portugal aumentou 3,3% em outubro, o que constitui a oitava maior subida homóloga entre todos os países da União Europeia, de acordo com os dados divulgados pelo Eurostat.

Os números do organismo de estatística europeu indicam que as maiores subidas ocorreram no Luxemburgo (16%), Roménia e na Eslovénia (8,7%) e Lituânia (8,3%). A Bélgica foi o único país  que registou uma variação negativa (-1,9%) no período em análise. A média dos países da zona euro foi de 2,4% e na União Europeia de 3,5%.

Na comparação com o mês anterior, as vendas a retalho em Portugal aumentaram 1,5% em outubro, o que representa a sexta maior subida entre os 28 países da moeda única. Os países que registaram os maiores crescimentos foram a Eslovénia (3,7%), o Luxemburgo (2,9%) e a Alemanha (2,4%).

Os dados do Eurostat revelam ainda que as vendas caíram em cinco países face a setembro: Malta (0,5%), Irlanda (-0,4%), Hungria (0,3%), Eslováquia (0,2%) e Espanha (-0,1%).