COCA-COLA SUSPENDE PROJETO EM PORTUGAL DEVIDO AO NOVO IMPOSTO

09 Novembro 2016

A Coca-Cola European Partners suspendeu o investimento de 40 milhões de euros em Portugal para aumentar a fábrica da Refrige, em Setúbal, devido ao novo imposto sobre os refrigerantes, incluído no Orçamento de Estado de 2017.

"Ainda nos falta muita informação, apesar de que confiamos que a proposta de lei seja modificada para minimizar o impacto social e económico deste cenário. Neste contexto, seria irresponsável fazer qualquer suposição sobre o impacto na atividade produtiva ainda que esteja claro que terá um impacto negativo", explicou, ao Expresso, Andrés Curbelo, diretor da Coca-Cola Portugal. 

A fábrica de Setúbal tem atualmente 265 mil metros quadrados. De acordo com o Expresso, o plano seria aumentar o espaço em 28 mil metros quadrados, num investimento de 40 milhões durante um período de quatro anos. Esta unidade de produção, detida a 100% pela Coca-Cola European Partners, gera 450 empregos diretos e 4.500 empregos indiretos. 

A Coca-Cola European Partners é maior engarrafadora mundial da marca de refrigerantes e resulta da junção de três engarrafadoras europeias: Coca-Cola Enterprises, Coca-Cola Iberian Partners e Coca-Cola Erfrischungsgetränke.