Walmart prepara o Futuro

05 Setembro 2016

A maior empresa retalhista do mundo vai reciclar 7000 postos de trabalho ligados à contabilidade e à faturação, uma vez que irá centralizar e autonomizar tais tarefas, pretendendo que os colaboradores em causa se dediquem a funções relacionadas com as vendas e contacto com os clientes.

Desta forma, a Walmart dá dois interessantes sinais de visão e inteligência. Mais uma vez se antecipa na reestruturação de funções clássicas que poderão ser mais baratas e eficientes com a adopção de automatismos tecnológicos e confere maior importância às vendas e à relação com os clientes.

É por estas e por outras que, neste primeiro semestre de 2016, a Walmart obteve só de lucro quase 7 mil milhões de dólares, valor que corresponde a cerca de 3% sobre as vendas.