Livro - O consumo tem sexo?

About

O consumo tem sexo?

José A. Rousseau


Sobre os consumidores inúmeras são as tipificações e segmentações existentes em função da idade, da profissão, do nível escolar, do estatuto social, da dimensão familiar e, naturalmente, em função do género. Mas será que o consumo, sendo como é o maior fenómeno económico da humanidade, também poderá ser objecto das mesmas tipificações, nomeadamente a relativa ao género? Haverá um consumo masculino e um consumo feminino? As empresas concebem a oferta dos seus produtos e serviços em função desta dicotomia? As estratégias de marketing são concebidas e implementadas em função de objectivos sexistas? Ou será que a miscigenação dos tempos atuais, de que a moda é um excelente exemplo, tem vindo a criar um consumidor andrógeno em termos de preferências, hábitos ou comportamentos de consumo?


Livro em Formato Digital


O CONSUMO TEM SEXO?